sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Tiro trocado não doi? Ou traição é traição, independente dos motivos?


Sabe quais são os dois assuntos que mais vendem no mundo do entretenimento? Sexo e violência. Um livro com a palavra sexo no título é uma excelente estratégia de marketing, mas só isso não basta, certo? A resenha de hoje é sobre o livro Sexo virtual, amor real, da escritora Luisa Aranha. Confere a sinopse:


Quando Marina entrou numa sala de bate papo qualquer naquela noite ela só queria dar o troco no namorado. O que ela não esperava era que quem teclava do outro lado fosse Leonardo e que todo o seu passado viria como um caminhão desgovernado, mais uma vez, atropelando sua vida e abrindo de novo as feridas que ela achava que estavam cicatrizadas.

Aquela conversa a fez acordar de um coma que ela mesma induzia para não sentir toda a dor que trazia consigo. Foi aquele bate papo que fez renascer nela a vontade de viver, de existir e de superar. Mas ela era confusa demais e reviver tudo que tanto doía podia ser a melhor forma de destruir sua vida para sempre.

Leonardo, Leco, Leo... Seriam a mesma pessoa? Esse nome tão familiar que havia partido cedo demais de sua vida agora retornava através de conversas sexys e profundas pela tela do celular. Não eram a mesma pessoa. Mas ela queria tanto que fosse.

Havia distância, segredos e mentiras em todas as conversas. Haviam sentimentos confusos, intensidade e vontades. Seria paixão? Uma nova chance pra ela? Será que um encontro virtual poderia se tornar real? E se essa história vai terminar no mundo virtual ou no real só abrindo o livro para saber...

Sexo virtual, amor real foi o último livro que eu li em 2016 - e posso dizer que foi uma excelente leitura. O texto é fluido, leve, envolvente.

A história começa como eu acho que devam começar todas as histórias: fisgando o leitor já na primeira frase. Marina, a protagonista, começa o livro narrando sua primeira experiência sexual virtual - algo que ela só foi capaz de experimentar porque descobriu que o namorado a traía. Esse primeiro capítulo, quase um testemunho, é o suficiente para criar entre protagonista e leitor um vínculo interessante, como se o leitor fosse confidente da narradora.

Além disso, aos poucos, a história vai de desvelando e Marina vai revelando alguns segredos sobre o seu passado, algumas dores profundas, alguns traumas. E o mais bacana sobre esses segredos que vão se mostrando é que a autora conseguiu criar algumas expectativas em relação à história de Marina - algumas se confirmam e outras conseguiram me surpreender, já que eu imaginava uma coisa, e era outra totalmente diferente.


O livro contém cenas quentes entre Marina e Leo, seu "amigo virtual com benefícios", cenas bem construídas, feitas para quem gosta do gênero.

Só tenho uma ressalva a fazer: o texto pecou em deixar passar alguns erros de pontuação, na hora da revisão (mas nada que seja tão grave assim).

Leitura mais que recomendada!


Título: Sexo virtual, amor real 
Autora: Luisa Aranha 
Plataforma: Amazon 
Tamanho: 131 páginas 
Valor: R$5,99 (gratuito para quem tem Kindle Unlimited) 
Link do Skoob: clique aqui
Siga a autora: Facebook - Twitter - Instagram - Blog


E aí, já leu Sexo virtual, amor real? Compartilhe conosco suas impressões.

Um comentário :

  1. Excellent post! We will be linking to this great content on our website. Keep up the great writing. outlook email login

    ResponderExcluir